27 fevereiro 2015

Insurgente- Anuncio da editora Rocco


 confira a lista de músicas do filme Insurgente: Clique aqui

Com a dupla Shailene Woodley e Theo James como Tris Prior e Tobias Quatro,Insurgente estreia nos cinemas de todo o país em 19 de março, um dia antes da chegada às telas norte-americanas.

O filme dá continuidade à trilogia distópica de Veronica Roth iniciada com Divergente e publicada no Brasil pelo selo Rocco Jovens Leitores, responsável por outras séries de sucesso entre a garotada como Jovens Vorazes e Legend.

Um dos principais lançamentos da gigante Paris Filmes para este semestre, Insurgentechega aos cinemas com campanha de marketing maciça e promete elevar ainda mais a procura por todos os livros da série, que já vendeu mais de 250 mil exemplares no país e segue conquistando novos e apaixonados fãs.


*Divergente, Insurgente e Convergente: mais de 250 mil exemplares vendidos no Brasil.
*Quatro – Histórias da série Divergente:spin-off com histórias extras contadas pelo personagem Tobias também figura nos principais rankings de mais vendidos infantojuvenis.
* Série bestseller do The New York Timeshá 68 semanas com mais de 31 milhões de exemplares vendidos nos EUA.
* Uma das trilogias mais comentadas nas redes sociais da Rocco e funpage própria com mais de 70 mil seguidores.
* Insurgente: aposta da Paris Filmes e uma das estreias mais aguardadas pelo público jovem em 2015.
* Público-alvo: fãs de distopias como Jogos Vorazes e séries de sucesso.
* Campanha de marketing maciça nas redes sociais e ações em parceria com a distribuidora Paris Filmes.












DIVERGENTE
Tradução: Lucas Peterson
ISBN: 978-85-7980-131-0
Código: 9788579801310
Formato: 13,4 x 20,7 cm
Páginas: 504
Preço: R$ 39,50




INSURGENTE
Tradução: Lucas Peterson
ISBN: 978-85-7980-155-6
Código: 9788579801556
Formato: 13,4 x 20,7 cm
Páginas: 512
Preço: R$ 39,50





CONVERGENTE
Tradução: Lucas Peterson
ISBN: 978-85-7980-186-0
Código: 9788579801860
Formato: 13,4 x 20,7 cm
Páginas: 528
Preço: R$ 39,50







QUATRO: Histórias da série Divergente
Tradução: Lucas Peterson
ISBN: 978-85-7980-221-8
Código: 9788579802218
Formato: 13,4 x 20,7 cm
Páginas: 272
Preço: R$ 29,50

Mythical Detective Loki Ragnarok chegando ao fim

Mythical Detective Loki Ragnarok chega ao fim!



Com tantos titulos sendo anunciados, outros vão chegando ao fim esse é o caso do mangá Mythical Detective Loki Ragnarok.  

Foi um dos animes da “primeira leva” do canal, logo quando estreou. que agora chega ao fim no Japão – de novo. Como assim de novo? Porque essa é a terceira série de Ragnarok que vai chegando ao fim! A autora Sakura Kinoshita anunciou que em março chega ao fim na revista Mag Garden o mangá Mythical Detective Loki Ragnarok – Shin Sekai no Kamigami (Os Deuses do Novo Mundo). A série, que começou a ser publicada em 2011, terá um total de 6 volumes encadernados e deve encerrar de vez a franquia. Antes disso temos o mangá Mythical Detective Loki Ragnarok (5 volumes, lançado em 2002) e Mythical Detective Loki (7 volumes, lançado em 1999 – porém em outra editora, a Square).
A história de mistério segue o deus Loki Norse depois que ele é exilado para o mundo mortal na forma de uma criança humana. Ele deve coletar auras do mal, a fim de voltar para o mundo dos deuses. Para isso ele contará com uma agência de detetives para alcançar este objetivo e retornar ao seu mundo.
No Brasil, o único contato com a série foi, de fato, o anime exibido no extinto Animax sem muito alarde – o que praticamente descarta uma probabilidade da série em mangá aqui.

Mangá Aoharu x Machinegun vai virar anime



Seguindo a linha de mangás que vão virar animes ainda esse ano, agora é a vez do mangá Aoharu x Machinegun.



Com os recentes anúncios de vários títulos que chegaram as telas, agora entra para essa lista o titulo Aoharu x Machinegun, do artista Naoe (pseudônimo) publicado desde 2013 na revista GFantasy, da Square Enix – a mesma de Black Butler. A notícia veio com o sexto volume do mangá recém lançado no Japão e já temos a confirmação de que será um anime televisivo. Aoharu x Machinegun é uma série que foi iniciada em uma one-shot do autor chamada Sekishin e posteriormente expandiu-se.

Sinopse:
O mangá segue a estudante do ensino médio Hotaru Tachibana, uma menina disfarçada de menino. Através de circunstâncias estranhas ela se vê atraída para o mundo dos jogos de sobrevivência por um anfitrião, Masamune Matsuoka. Os dois formam uma equipe com o artista de mangás eróticos (!!!) Tohru Yukimura e destinam-se a ser a ser a melhor equipe dos jogos no Japão.




Resenhando: O ladrão de raios - Rick Riordan


TÍTULO: O LADRÃO DE RAIOS 
SERIE: PERCY JACKSON E OS OLIMPIANOS
VOLUME: 01
ISBN: 9788598078397
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA 

GÊNERO: MITOLOGIA GREGA/ AVENTURAFORMATO: 13,5 X 21
PÁGINAS: 387
ANO DE EDIÇÃO: 2009
EDIÇÃO:
EDITORA: INTRÍNSECA
AUTOR: RICK RIORDAN
TRADUTOR: RICARDO GOUVEIA

CLASSIFICAÇÃO:








"Mesmo a força às vezes tem de se curvar a sabedoria" 

by (Percy Jackson)
SINOPSE:
Percy Jackson está para ser expulso do colégio interno... de novo. É a sexta vez que isso acontece. Aos doze anos, esta é apenas uma das ameaças que pairam sobre esse garoto, além dos efeitos do transtorno de déficit de atenção, da dislexia... e das criaturas fantásticas e deuses do Monte Olimpo, que, ultimamente, parecem estar saindo dos livros de mitologia grega do colégio para a realidade. E, ao que tudo indica, estão aborrecidos com ele.
Vários acidentes e revelações inexplicáveis afastam Percy de Nova York, sua cidade, e o lançam em um campo de treinamento muito especia, onde é orientado para enfrentar uma missão que envolve humanos diferentes - metade deuses, metade homens -, além de seres mitológicos. O raio-mestre de Zeus foi roubado, e é Percy quem deve resgatá-lo.
Com a ajuda de novos amigos- um sátiro e a filha de uma deusa- Percy tem dez dias para reaver o instrumento de Zeus, que representa a destruição original, e restabelecer a paz no Monte Olimpo. Para conseguir isso, precisará fazer mais que capturar um ladrão. Terá de encarar o pai que o abandonou, resolver um enigma proposto pelo Oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.


RESENHA:
 Primeiro livro em ordem cronológica dos fatos, o livro aborda a história de Percy Jackson, um pré-adolescente que sempre é expulso das escolas que frequenta por causar encrencas, certo dia alguns eventos acontecem e fazem sua vida virar de cabeça para baixo, quando em uma expedição da escola ele é atacado por algo que ele nunca tinha visto, uma criatura que não é animal nem humana, com a ajuda de seu melhor amigo Grover, que não é o que aparenta ser, ele consegue escapar da criatura.
 Logo após o ataque repentino, Percy é levado por Grover até um acampamento de treinamento, que é conhecido como Acampamento Meio Sangue, local esse que só pode ser visitado por semideuses, os chamados meios sangue. A sua chegada ao acampamento não foi fácil, pois fora perseguido por um minotauro e perdeu sua mãe no caminho até lá. 
 Ele chega ao acampamento desacordado, e é tratado por Quiron, logo após acordar, Percy descobre que ele não é uma pessoa normal como as outras, ele é um semideus, filho de uma humana com um deus, que são chamados meio sangues, e pra piorar a situação mais ainda, ele não é filho de qualquer deus, é filho de um dos grandes, e está sendo acusado de ter roubado o raio mestre de Zeus, o que tornará a sua vida muito mais difícil.
 Em meio a tudo isso Percy se vê obrigado a sair em uma jornada para trazer sua mãe de volta do reino de Hades, o mundo inferior, encontrar o ladrão de raios e salvar o mundo. Acompanhado de seus dois novos amigos Grover e Annabeth, Percy encara muitos desafios pela frente, o que é só o começo da sua aventura.

Resenhando: O Senhor dos Anéis - J.R.R. Tolkien




TÍTULO: O SENHOR DOS ANÉIS
VOLUME: ÚNICO
ISBN: 8533615167
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
FORMATO: 14 X 22
PÁGINAS: 1202
ANO DE EDIÇÃO: 2001
EDIÇÃO:
EDITORA: MARTINS FONTES (LMFE)
AUTOR: J.R.R.TOLKIEN
TRADUTOR:
LENITA MARIA RIMOLI ESTEVES, ALMIRO PISSETA.
CLASSIFICAÇÃO: 







"Três anéis para os Reis-Elfos sob este céu,Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores,Nove para Homens Mortais, fadados ao eterno sono,Um para o Senhor do Escuro em seu escuro tronoNa Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.Um Anel para todos governar, Um Anel para encontra-los,Um Anel para a todos trazer e na escuridão aprisiona-los Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam."
by(O Senhor Dos Anéis)


Resenhando: As Crônicas de Nárnia - C.S. Lewis

TÍTULO: AS CRÔNICAS DE NÁRNIA 
SERIE: 
VOLUME:
ISBN: 8533622104
IDIOMA:
PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO:
BROCHURA
FORMATO:
15 X 23 
PÁGINAS: 751
ANO DE EDIÇÃO:
2005
EDIÇÃO:

EDITORA:
MARTINS FONTES (LMFE)
AUTOR:
C.S. LEWIS
TRADUTOR:
PAULO MENDES CAMPOS
CLASSIFICAÇÃO:











 O livro conta a história de Nárnia, desde sua criação até a o seu fim(isso mesmo, Nárnia tem um fim), no meio desses acontecimentos, tem alguns personagens, que visitaram Nárnia. Sabe aquele livro gostoso de ler, pois esse é o caso das Crônicas de Nárnia, sem contar que tenho um carinho enorme por esse livro, não só por ele ser magnifico, mais também por ele ter sido o responsável por despertar a admiração pela leitura que tenho atualmente.
 Eu fiz a leitura dele(a primeira leitura) quando tinha 12 anos, e de cara fiquei fascinado pela magia de Nárnia.
 Recentemente eu fiz uma releitura do mesmo e novamente fiquei em êxtase ao terminar a leitura, ele é todo especial pra mim, pois foi o primeiro livro que ganhei, e por isso ele tem um lugarzinho, que é só dele no meu coração e na minha mente.
 P.S. Para ler a resenha dos livros é só clicar nos títulos que você será redirecionado para a respectiva resenha do mesmo.
 As resenhas estão organizadas em ordem de lançamento, o que difere dá ordem cronológica.


SINOPSES:

O Leão, A Feiticeira e o Guarda Roupas (The Lion, the Witch and the Wardrobe) (1950)

Narra a história de quatro crianças humanas: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia Pevensie, que através de um antigo e misterioso guarda-roupa, chegam ao mundo de Nárnia, um exuberante país que enfrenta um terrível e prolongado inverno, imposto pela falsa rainha do país (a Feiticeira Branca), e que já completava cem anos. Com a ajuda do grande e poderoso leão Aslam, os irmãos Pevensie devem derrotar à terrível feiticeira e trazer a paz de volta à Nárnia e a todos os que nela habitam.

Príncipe Caspian(Prince Caspian)(1949)  

Narra o retorno dos irmãos Pevensie à Nárnia, lugar onde passaram 1300 anos, enquanto que no nosso mundo apenas tinha passado um. Durante esse tempo, muitas coisas aconteceram: os telmarinos (humanos que vivem em Telmar) invadem à Nárnia, desmatando os bosques e assassinando as criaturas narnianas. É nesse momento que os Pevensie conhecem Caspian X, um bondoso príncipe telmarino. Logo após, eles deverão derrotar o telmarino e falso rei de Nárnia,Miraz (tio de Caspian), o atual comandante destes massacres no país. Para este plano se concretizar, eles terão novamente a ajuda de Aslam.

A Viagem do Peregrino da Alvorada ou A Viagem do Caminheiro da Alvorada (em inglês: The Voyage of the Dawn Treader)(1950)

Nesta fantasia, apenas Edmundo e Lúcia Pevensie retornam à Nárnia, além do seu incômodo e emburrado primo Eustáquio Mísero. Juntos de Caspian X (que já era o rei de Nárnia) e do rato Ripchip, eles viajam à bordo do navio Peregrino da Alvorada, pois devem encontrar os sete fidalgos banidos por Miraz. Eles enfrentarão diversos perigos e aventuras em inúmeras ilhas, e como sempre, contarão com a ajuda de Aslam.


Nesta fantástica aventura, apenas Eustáquio Mísero e sua amiga de escola, Jill Pole, vão à Nárnia; estando lá, eles devem encontrar o Príncipe Rilian, o filho desaparecido do rei Caspian X (agora, uma pessoa idosa à beira da morte). Com os conselhos de Aslam, Eustáquio e Jill devem percorrer Nárnia em busca de Rilian, e acabam por descobrir que o príncipe foi sequestrado e hipnotizado pela Feiticeira Verde, que planeja, através do próprio Rilian, tomar Nárnia.

O Cavalo e seu Menino, ou O Cavalo e seu Rapaz (em inglês: The Horse and his Boy)(1950)

Se passa durante A Era de Ouro em Nárnia (ou seja, durante o reinado dos irmãos Pevensie). Narra a história do cavalo falante Bri e do garoto Shasta, ambos detidos em cativeiro na Calormânia. Durante a fuga, estes descobrem que a Calormânia pretende invadir Nárnia através da Arquelândia. Agora eles devem impedir que este ataque ocorra; para isto, passarão por incríveis aventuras, junto de Aravis e Huin.

O Sobrinho do Mago, ou O Sobrinho do Mágico (em inglês: The Magician's Nephew)(1954) 

Narra os acontecimentos durante os primórdios de Nárnia, preenchendo as lacunas deixadas no livro O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa. Através de uns anéis mágicos fabricados por André Ketterley (também conhecido como Tio André), Digory Kirke e Polly Plummer viajam até Charn, um mundo muito antigo sem vida, onde acabam por libertar acidentalmente àfeiticeira branca: Jadis. Depois de muitos acontecimentos, eles chegam a um mundo que acabava de ser criado por Aslam: a Nárnia. O livro também relata a origem do guarda-roupa e de como ele foi parar no nosso mundo.


A Última Batalha (em inglês: The Last Battle)(1953)

 A última fantasia a ser publicado, e também o último em ordem cronológica. Depois que a Calormânia, juntamente como seu líderTash, invadem Nárnia, ocorre uma grande e violenta guerra. Aslam, então, decreta o fim de Nárnia, fazendo as estrelas descerem do céu, o sol se apagar, e inundando todo o resto. Todos os humanos e criaturas boas e fiéis à Aslam, vão para o paraíso conhecido como País de Aslam; lá, todos os "amigos de Nárnia" (os Pevensie, Caspian X, Eustáquio, Jill, Digory, Polly) se encontram, exceto Susana Pevensie, que havia "esquecido-se" de Nárnia por causa das coisas materialistas.


A uma grande dúvida e até um embate entre os leitores das Crônicas de Nárnia sobre a qual "verdadeira" forma de ler, eu confesso que li em ordem cronológica pois o meu livro é aquele volume único, que vem em ordem cronológica.
Ordem de PublicaçãoOrdem Cronológica
O Leão, a Feiticeira e o Guarda-RoupaO Sobrinho do Mago
Príncipe CaspianO Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa
A Viagem do Peregrino da AlvoradaO Cavalo e seu Menino
A Cadeira de PrataPríncipe Caspian
O Cavalo e seu MeninoA Viagem do Peregrino da Alvorada
O Sobrinho do MagoA Cadeira de Prata
A Última BatalhaA Última Batalha

Você leu ou pretende ler em qual ordem?!

Resenhando: Treze A Mesa - Agatha Christie

TÍTULO: TREZE A MESA
ISBN: 9788520912881
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
FORMATO: 13,5 X 20
PÁGINAS: 254
ANO DE EDIÇÃO: 2002
EDIÇÃO: 16ª
EDITORA: NOVA FRONTEIRA
AUTOR: AGATHA CHRISTIE
TRADUTOR: MILTON
CLASSIFICAÇÃO:








SINOPSE:
 Poirot estava presente quando Jane, envaidecida, falara de seu plano para "livrar-se" do marido, de quem estava separada, mas não oficialmente, como ela desejava. Agora o homem estava morto. Mesmo assim, o grande detetive belga não podia deixar de sentir que alguém estava tentando iludi-lo.
 Afinal, como se explica que Jane tivesse esfaqueado Lord Edgware na biblioteca exatamente na hora em que era vista jantando com amigos? E qual seria o motivo agora, já que o aristocrata finalmente lhe dera o divorcio?



RESENHA:
 Narrado também pelo personagem Hastings, assim como o livro O Natal de Poirot. No inicio o caso parece bem simples, convencer o Lord Edgware, a dar o divorcio a sua esposa Jane Wilkinson, a mesma que contratou Poirot.
 Poirot mesmo contrariado, aceita o pedido de Jane, e vai ao encontro do Lord Edgware, mas para sua surpresa, ao falar com ele, o Lord aceita o divorcio e Poirot retorna com a noticia para Jane.
 Tudo ocorre tranquilamente, até que o Lord Edgware é encontrado morto na sua biblioteca, e a principal suspeita é a sua esposa Jane Wilkinson. Mas como poderia ela te-lo matado, sendo que foi vista em um jantar, onde receberá até uma ligação intrigante, na hora da morte do Lord.
 Mesmo diante de especulações e pistas falsas, Poirot usa o seu cérebro para desvendar esse mistério, como explicar o fato de Jane ter sido vista em dois lugares ao mesmo tempo? Por que ela o mataria, sendo que ele havia concordado com o divorcio?
 No decorrer da história, um suspeito é presso, mas como ele preso poderia ser o autor da segunda morte. Quando o caso parecia sem solução, a resposta vem de onde menos se espera.
 Poirot novamente desvenda esse mistério. Apenas algumas palavras, e o mistério foi solucionado.

26 fevereiro 2015

Resenhando: Cai o pano - Agatha Christie


TÍTULO: CAI  O PANO
ISBN: 9788520923627
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
FORMATO: 13,5 X 20
PÁGINAS: 217
ANO DE EDIÇÃO: 2009
EDIÇÃO:
EDITORA: NOVA FRONTEIRA
AUTOR: AGATHA CHRISTIE
TRADUTOR: CLARICE LISPECTOR
CLASSIFICAÇÃO:








SINOPSE:
 O Detetive Hercule Poirot, já aposentado, volta com seu amigo capitão Arthur Hastings ao cenário da primeira investigação em que trabalharam juntos: a mansão Styles, agora transformada em hotel.
Também hospedado na antiga propriedade está um misterioso assassino, responsável por cinco crimes sem relação aparente entre si.
O extraordinário talento de Poirot para desvendar o intricado processo de mentes criminosas o leva a crer que um sexto assassinato será cometido. Mas quem será a vitima?
Esta questão conduzirá o grande detetive belga no que pode ser o caso mais arriscado de sua carreira. E talvez o último.



RESENHA:
 Terceiro livro a ser lido do box de três volumes.
 Narrado por um narrador-personagem, o Mr. Hastings antigo amigo de Hercule Poirot. Depois de muito tempo que entrou na ativa, Poirot encontra-se agora aposentado apenas recapitulando o passado e atormentado pelas dores da idade. Como esperado dele e como ele próprio diz, o corpo envelhece mas a inteligência nunca. Certo dia Hanstings recebe uma carta de Poirot, que o convida para ir até o cenário do seu primeiro caso juntos, Hastings acaba aceitando pois já se passaram alguns meses sem ver Poirot, ao chegar no local encontra-se com o amigo numa cadeira de rodas devido a sua saúde debilitada, e acaba ficando surpreso ao saber que Poirot não foi ao hotel somente para passar as férias de aposentado, mas sim no encalço de um assassino.
 Cinco assassinatos sem conexão entre si, lugares diferentes, pessoas que não tem relação aparentemente umas com as outras. Mas Poirot como sempre, encontra o X da questão, o que acaba o levando de volta para Styles, a fim de impedir um sexto assassinato, que ele têm certeza que irá acontecer.
 Para isso solicita a ajuda do seu amigo de longa data, por não poder ter seus suspeitos sob supervisão, pois já não é mais tão ágil como fora um dia,  seus movimentos agora necessitam da ajuda do seu lacaio, Curtis. Agora hastings além de seu amigo, também se torna seus olhos e ouvidos.  Poirot conhecendo profundamente a alma de hastings e sabe que nele pode confiar, mas sabe que ele sempre deixa transparecer suas suspeitas. 
 Hastings não concorda, mas por via das dúvidas Poirot não pôde contar quem é o Assassino. Hastings será seus olhos, mas está totalmente no escuro, podendo contar somente com seus próprios poderes de dedução e investigação. 
No decorrer da histórias acabam ocorrendo mais duas mortes antes da chegada do fim do enredo. E por fim Poirot apresenta a solução, uma resolução inusitada, dois assassinatos e três mortos, como isso é possível?

Resenhando: O Natal de Poirot - Agatha Christie






TÍTULO: O NATAL DE POIROT
ISBN: 9788520923603
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
FORMATO: 13,5 X 20
PÁGINAS: 224
ANO DE EDIÇÃO: 2009
EDIÇÃO: 3ª
EDITORA: NOVA FRONTEIRA

AUTOR: AGATHA CHRISTIE
TRADUTOR: VÂNIA DE ALMEIDA








O SEGUNDO LIVRO LIDO, DE TRÊS QUE FORMAM O BOX ESPECIAL DA AUTORA AGATHA CHRISTIE, ESSE BOX EU O COMPREI DEVIDO AO PREÇO ACESSÍVEL, JUNTO COM ESSE BOX, QUE É O VOLUME 1, COMPREI TAMBÉM O VOLUME 2, MAS NÃO OS LI, POR QUE ACHEI MEIO SEM GRAÇA(PURO ENGANO) E TINHA OUTROS LIVROS NA MINHA LISTA PARA LER.
MINHA SURPRESA FOI ENORME, AO LER UM DOS LIVROS DO BOX, DEPOIS DO PRIMEIRO FOI QUESTÃO DE TEMPO ATÉ LER OS OUTROS.



SINOPSE:
 VÉSPERA DE NATAL. A REUNIÃO DA FAMÍLIA LEE É ARRUINADA PELO BARULHO ENSURDECEDOR DE MÓVEIS SENDO DESTROÇADOS, SEGUIDO DE UM GRITO AGUDO E SOFRIDO. NO ANDAR DE CIMA, O TIRÂNICO SIMEON LEE ESTÁ MORTO, NUMA POÇA DE SANGUE, COM A GARGANTA DEGOLADA.
 MAS QUANDO HERCULE POIROT, QUE ESTÁ NO VILAREJO PARA PASSAR O NATAL COM UM AMIGO, SE OFERECE PARA AJUDAR, DEPARA-SE COM UMA ATMOSFERA NÃO DE LUTO, MAS DE SUSPEITAS MÚTUAS. PARECE QUE TODOS TINHAM SUAS PRÓPRIAS RAZÕES PARA DETESTAR O VELHO...

RESENHA:
Dessa vez de um velho morto degolado em seu quarto na véspera de natal. A trama tem inicio logo de cara, quando surge a seguinte questão: “Quem mataria um pobre velho?” e “porque?” Essas questões levam Poirot a investigar sobre a vida e caráter do morto. Simeon Lee era um velho, fraco e rude. Na juventude, foi um homem ao qual todos tem o que falar. Com uma  fortuna feita na África do Sul, conseguida na mineração de  diamantes. Era famoso com as mulheres, o que não fez muito bem a sua mulher, que acabou por morrer de desgosto devido aos maus tratos sofridos por parte do marido.Quase todos os seus filhos o abandonaram logo após a morte da mãe. Todos menos um, este ficou para cuidar do pai durante sua velhice, este era o filho considerado o mais bom, Alfred Lee, que com sua esposa Lydia, continuava a suportar os maus tratos do pai. O velho tem quatro filhos e uma filha, Jenipher, que mudou-se para Espanha junto com seu marido logo após a morte da mãe, onde viveu anos, teve uma filha, Pilar e mais está fora de suspeitas, pois morrera dois anos antes do ocorrido. Os outros filhos David, George e Harry. David que abandonou a fortuna, para explorar todo  o seu potencial artístico e seguir na busca pela paz de espírito acompanhado da sua esposa. Mesmo sendo um homem honesto, ele tem seus defeitos, era extremamente temperamental e guarda muitas mágoas do seu pai por causa da morte da mãe. George, diplomata, cheio de discursos, mas que na realidade só pensa em dinheiro, avarento calcula as ligações, economiza praticamente em tudo, casado com uma moça muitos anos mais jovem que ele, que gasta muito dinheiro em joias e roupas. A "Ovelha Negra"  da família Harry, sairá de casa e vaga pelo mundo curtindo a vida com mulheres e jogos. Entrava em contato com o pai somente para lhe pedir dinheiro para continuar levando a vida dos sonhos, o mais parecido com o pai praticamente em tudo, tanto na  fisionomia e no modo de agir. Com uma desavença entre irmãos, Alfred que não suporta a ideia de ter Harry sob o mesmo teto, pois o julga desleal, por ter ido embora. Simeon Lee, conhecido por todos não apenas por seu lado obscuro, mas também por que nunca negava ajuda a quem lhe viesse pedir. Quando tratava-se dos seus filhos, era ríspido, e sempre os criticando. Será que esse homem, mesmo com todos esses defeitos, merecia uma morte tão violenta? Quem teria motivos para executar um trabalho tão brutal? A família está atordoada, todos ouviram os gritos. Todos estavam dentro da casa no momento em que o crime aconteceu, reunidos para o natal. O assassino é alguém que está entre eles. Quem é? Hercule Poirot, acompanhado do Superintendente de polícia, segue incansavelmente na busca por respostas. Poirot acaba por desmascarar o assassino, gestos e manias foram o ponto chave para a solução desse mistério as vésperas do natal.

Resenhando: Assassinato no expresso do oriente-Agatha Christie

TÍTULO: ASSASSINATO NO EXPRESSO DO ORIENTE
ISBN: 9788520923542
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
GÊNERO: ROMANCE POLICIAL/ INVESTIGAÇÃO
FORMATO: 13,5 x 20
PÁGINAS: 224
ANO DE EDIÇÃO: 2009
EDIÇÃO:
EDITORA: NOVA FRONTEIRA
AUTOR: AGATHA CHRISTIE
TRADUTOR: ARCHIBALDO FIGUEIRA
CLASSIFICAÇÃO:
SINOPSE:Pouco depois da meia-noite, uma tempestade de neve pára o Expresso do Oriente nos trilhos. O luxuoso trem está surpreendentemente cheio para essa época do ano. Mas, na manhã seguinte, há um passageiro a menos. Um americano é encontrado morto em sua cabina, com doze facadas, e a porta estava trancada por dentro.
 Pistas falsas são colocadas no caminho de Hercule Poirot para tentar mantê-lo fora de cena, mas, num drámatico desenlace, ele apresenta não uma, mas duas soluções para o crime.

RESENHA:
  A história tem inicio quando Hercule Poirot embarca no Expresso do Oriente, ele logo nota que o trem está muito cheio para a época do ano. É durante a noite, quando o trem é obrigado a parar devido a uma nevasca, que um assassinato acontece bem no quarto ao lado ao do quarto onde está Poirot, ele logo se interessa pelo caso e resolve investiga-lo.
 Ele terá que seguir as pistas  e usar sua inteligência para resolver esse crime que parece sem solução. Um homem é morto com doze facadas, e a porta do seu quarto foi trancada por dentro,  e nesse mesmo local é encontrado um lenço de feminino e um limpador de cachimbo, Poirot logo desconfia de todas essas provas, e suspeita que aquelas provas foram deixadas ali de propósito, além de todas essas pistas, ainda é encontrado no bolso da vitima um relógio parado na suposta hora do seu assassinato, e tudo isso ligado ao fato de que um dia antes a vitima havia tinha pedido a ajuda do detetive Poirot, por que tinha a impressão de que estava sendo seguido.
 Primeiro livro do box de três a ser lido. Nesse livro tem tudo que precisa para um mistério delicioso acontecer. Quem matou? Por que matou? isso tudo e muito mais o detetive Poirot nos mostra da maneira mais brilhante que uma mente geniosa como a dele pode desvendar.









25 fevereiro 2015

Jitsu wa Watashi wa vai virar anime

Um rapaz que não consegue mentir e uma garota-vampira…


Assim como os títulos DANCHIGAI e AKAGAMI NO SHIRAYUKI-HIME que vão ganhar versões anime. O titulo Jitsu wa Watashi wa do mangaká Eiji Masuda, foi anunciado na nona edição de 2015 da revista Shonen Champion ,a noticia da adaptação para a TV. Ainda não há data definida, mas o anime será lançado ainda esse ano.
Jitsu wa Watashi wa é um mangá de comédia romântica criado por Masuda e lançado em janeiro de 2013; atualmente conta com 10 volumes encadernados, sendo que este último será lançado em fevereiro. O mangá foi licenciado hoje nos Estados Unidos pela editora Seven Seas.


Um pouco sobre a história:
Na história, Asahi Kuromine é um estudante que simplesmente não consegue mentir, tanto que seu apelido é “Ana no Aita Zaru”, algo como um “saco cheio de buracos”. Num fatídico dia, ao se declarar para Shiragami Youko, descobre que a garota é uma vampira, o que a coloca em risco por poder ser exposta. O rapaz, então, promete fazer de tudo para manter esse segredo e assim, evitar que a garota deixe a escola.





Akagami no Shirayuki-Hime vai virar anime

Seguindo o exemplo do mangá Danchigai, dessa vez é o titulo Akagami no Shirayuki-Hime, que também foi anunciado uma adaptação para anime.

Seguindo o estilo Shoujo, o mangá Akagami no Shirayuki-Hime  tem estreia do anime prevista para a temporada de verão (no Japão).  Os fãs de Shoujo já podem comemorar.


Akiduki lançou o mangá em 2006, na revista LaLa (que inicialmente chamava-se LaLa DX) e está em andamento, com 12 volumes encadernados – sendo que o último volume foi lançado em outubro do ano passado.

O anúncio está na edição de abril da revista LaLa e sim, está confirmadíssima a adaptação do mangá de Sorata Akiduki, Akagami no Shirayuki-hime (ouSnow White with the Red Hair, em inglês), para as telinhas. A produção do anime será realizada pelo Studio Bones (Full Metal Alchemist, Soul Eater,Ouran) e contará com Saori Hayami (Sachi, de Sword Art Online) e Ryota Ohsaka (Ryuu Yamada, de Yamada-kun to 7-nin no Majo) nas vozes dos protagonistas, Shirayuki e Zen, respectivamente.

O elenco de produção contará com Masahiro Ando (Zetsuen no Tempest) na direção; Deko Akao (Noragami) no roteiro; Kumiko Takahashi (Sakura Card Captors) no design de personagens; Michiru Oshima (Full Metal Alchemist) na trilha sonora; e Kazuhiro Wakabayashi (Ghost in the Shell: Stand Alone Complex) na direção de som.



Um pouco sobre o titulo:
A história gira em torno de Shirayuki, uma garota que trabalha como médica e uma cidadã comum de Tanbarun, exceto pela rara coloração de seu cabelo: ele é vermelho. Isso chama a atenção do Príncipe desse reino, que a obrigada a se casar com ele. No entanto, em resposta a esse “pedido” de casamento, Shirayuki corta seu cabelo e foge de Tanbarun. Durante a fuga, ela conhece o príncipe Zen, do reino vizinho.




Mangá Danchigai será adaptado para anime


Com alguns titulos sendo encerrados, outros agora que estão começando, é o caso da Danchigai o titulo criado por Yoneda e publicado pela revista Mangá Yonkoma Paretto, conhecida também pelo nome Manga 4-koma Palette, em inglês.

A produção do anime contará com o staff que trabalhou anteriormente em Military!
A edição do mês de abril do Mangá Yonkoma Paretto, da Ichijinsha, está anunciando que a adaptação em anime do mangá Danchigai, de Kazusa Yoneda foi aprovada e está em fase de produção.
Algumas informações já foram anunciadas: o staff que produziu o anime Military! trabalhará novamente em Danchigai, entre eles está o diretor Hiroshi Kimura sob a companhia Creators in Pack TOKYO, Dream Creation na produção da série e Dax Production, na trilha sonora. Outras informações, como o elenco de dublagem e a data de estreia ainda não foram reveladas.
Danchigai é uma série no estilo yon-koma (algo como uma compilação de várias tirinhas de quatro quadros cada) criada por Yoneda e publicada pela revista Manga Yonkoma Paretto (ou Manga 4-koma Palette, em inglês) em junho de 2011. A história segue o dia-a-dia de cinco irmãos – quatro meninas e um menino – que dividem um mesmo apartamento (danchi). O mangá ainda está em andamento e possui dois volumes encadernados, com o terceiro previsto para ser publicado no dia 22 de abril, no Japão.



Big Hero caminha para o fim

É sempre triste quando venho até o blog, para criar um post sobre o fim de alguma obra que é tão admirada quanto essa.

Assim como grandes sucessos que chegaram ao fim, é chegada a hora de darmos adeus ao mangá de Operação Big Hero, que com a chegada do mês de março vai ser finalizado.

As aventuras de Hero e Baymax estão chegando ao fim.



A mais recente edição da Magazine Special está anunciando que o mangá da animação da Disney, Operação Big Hero, será finalizado na próxima edição da revista, prevista para o dia 20 de março.

A versão em mangá de Operação Big Hero (ou Big Hero 6) foi criada por Haruki Ueno – mesmo autor de Phi Brain – Saigo no Puzzle e Exile Monogatari – e lançada pela Kodansha, na revista Magazine Special; também teve seu prólogo, “episódio 0”, publicado na Shonen Magazine. A animação foi a única que ganhou uma “adaptação completa”, enquanto outros títulos, também da Disney, como Enrolados, Wall-E e Piratas do Caribe – O Baú da Morte ganharam adaptações no formato one-shot .

Aqui no Brasil, o mangá está sendo publicado pela Editora Abril e atualmente se encontra no primeiro volume.


Um pouco mais sobre Operação Big Hero:
A história se passa na cidade futurística de San Fransokyo e gira em torno deHiro Hamada, um menino-gênio da robótica, que perde seu irmão, Tadashi, em um misterioso acidente; e Baymax, um robô construído pelo próprio Tadashi. Os dois, juntamente de seus amigos, Go Go Tomago, Honey Lemon, Wasabi e Fred, tentam desvendar o mistério e ainda têm de lidar com um vilão que usa uma máscara kabuki.



midia kit

Nanatsu no taizai chega ao Brasil

Novidade imperdível na JBC
Um dos títulos que estão fazendo o maior sucesso no mundo dos mangás lá no Japão e que a muito vem sendo pedido pelos leitores, vai chegar ao Brasil, trazido pela editora JBC, que já há alguns anos vem lançando títulos que são fenômenos no Japão, títulos como Fairy Tail, Sailor moon e YuYuHakusho fazem parte do currículo da editora.
Concerteza essa novidade vai deixar muitos fãs sem conseguir dormir, devido a ansiedade.

Escrito e ilustrado por Nakaba Suzuki, Nanatsu no Taizai começou a ser publicado na revista weekly shounen magazine em outubro de 2012. Com 13 volumes encadernados publicados até o momento no Japão, o mangá chega ao Brasil, pela JBC, com o nome de The Seven Deadly Sins, tradução literal do título japonês.


A História

O “Sete Pecados Capitais” (“The Seven Deadly Sins”) era um grupo de cavaleiros que agia na região de Britannia. Muitos acreditavam que eles não estavam mais unidos após terem sido supostamente derrotados pelos Paladinos do reino de Lyonesse, depois de suspeitarem que pretendiam dar um golpe.

Porém, 10 anos após esse incidente, os paladinos planejam um golpe e ninguém sabe se estão apenas defendendo o reino ou tomando as terras para si.

A terceira princesa, Elizabeth, parte à procura dos Sete Pecados Capitais acreditando que eles não são maus e que podem ajudá-la a retomar o reino das mãos dos Paladinos.



The Seven Deadly Sins, que ainda está em publicação no Japão, chega ao Brasil em março, num formato de 13,5 x 20,5 cm, com folha em papel brite 52g, capas internas coloridas, periodicidade mensal e ao valor de R$12,90. A distribuição não foi definida até o momento.




24 fevereiro 2015

Os mangás e as crianças

Matéria retirada do blog Uma futura bibliotecária apaixonada por mangás, e por ser uma matéria muito interessante resolvi traze-la para o meu blog, afinal aqui também fala sobre mangás e tudo mais relacionado a esse universo. 

Façam bom uso da matéria e não deixem de visitar o blog onde está hospedado essa matéria.


Fonte: Uma futura bibliotecária apaixonada por mangás



Os mangás e as crianças



Durante as minhas aulas eu frequentemente escuto das professoras, que não podemos proibir alguém de ler alguma coisa só porque é dito em algum lugar que não é recomendado para aquela idade e uma delas até falou sobre as leituras muito avançadas que as crianças liam na escola onde trabalhou um tempo, leituras que as vezes adultos não conseguem ler de tão complexas, se não me engano ela falava que liam muito da literatura russa. Mas qual a importância disso pra esse artigo? Bem, a biblioteca escolar que está presente quase por obrigação na vida das crianças é vital para seu crescimento e desenvolvimento. Tenho certeza que muitos pais já cansaram de ver os benefícios da leitura para as crianças, mas e o mangá? Mangá pode ser tarjado como violento e sexual pelos pais e para as crianças pode ser sim uma leitura inadequada para sua idade e até seus interesses.


Hoje em dia um outro problema é que cada vez menos as crianças estão interessadas em ler. Meu sobrinho mesmo só quer saber de jogar no PC e no videogame, ler é chato pra ele, bem desinteressante (nas suas palavras), e isso me deixa muito preocupada, pois enquanto o jogo é excelente pelos mesmos motivos, a leitura também é. Eu não sei como posso fazer a leitura ser mais interessante pra ele, mas eu vou tentando né?


Como já falamos em outro post, os mangás tem um número grande de gêneros e subgêneros e o que vamos abordar hoje é o kodomo (子供), gênero focado no público infantil e infanto-juvenil. Mangás kodomo são indicados desde que a criança aprendeu a ler até...sinceramente, até o fim da vida dela, não é proibido ler obras direcionadas ao público infantil, e recomendo aos pais que nunca façam isso (proibir a leitura infantil). Quem não gosta de rever aquele filme da Disney mesmo com seus trinta e tantos anos ou mais? A minha mãe ainda para pra ver o papa léguas e o coiote! E isso faz ela feliz, além do que, muitas obras nos mostram coisas que antes não podíamos ver por sermos crianças, tudo só fica mais interessante!


Pra melhorar, além da leitura simples, mangás komodo costumam conter páginas para colorir e jogos. As histórias são fechadas e curtas, possuem desenho e narrativa simples!


Tenha em mente que mangás sempre passam lições de vida, moral, lições e mais lições. As vezes é uma coleção de coisas que não se deve fazer, as vezes é o oposto, muitas vezes é apenas a reflexão da sociedade e política e uma série de coisas, mas os kodomo procuram ensinar os valores básicos para uma boa pessoa viver em sociedade! Claro que também existem os títulos puramente para diversão, afinal, todo mundo gosta de se divertir!


E pra ti que é bibliotecária(o) e gostaria de saber sobre títulos infantis de mangá, vou deixar uns exemplos. Além do mais, tu aí que é pai ou mãe, tio ou tia ou apenas está curioso, aproveitem e leiam na internet mesmo ou busquem os que possuem serialização em português e leiam!


E como trabalhar com biblioteconomia não é só sobre livros, essa listinha também inclui animes infantis!


As aventuras do pequeno príncipe (anime): Quem não ama o pequeno príncipe? Essa é uma série japonesa adaptada da obra francesa Le petit prince de Antoine de Saint-Exupéry. Foi adaptada com o título de Hoshi no Ōjisama Puchi Puransu (星の王子さま プチ・プランス. O príncipe das estrelas: Petit Prince). Vocês podem achar esse desenho até no youtube!







Dinossauro Rei (mangá): Conta a história de Max, que é filho de um paleontólogo e obcecado por dinossauros, encontra uma tabuleta que o manda pra era dos dinossauros! Mas antes que pudesse ficar muito contente por estar vivendo seu sonho, ele descobre que um vilão chamado Dr.Z tem escravizado os dinossauros para que ele possa usar seus poderes e dominar o mundo! Cabe a Max derrotar o Dr.Z e salvar o mundo!


Duel masters (mangá): Uma organização misteriosa que trazer os monstros de duel másters a vida! Shobu é um duelista apaixonado e disciplinado e com a ajuda de seus amigos quer se tornar o próximo Mestre Kaijudo.






Doraemon (conhecido aqui como Doraemon – O super gato): É um mangá por Fujiko Fujio que conta várias histórias de um gato robótico chamado Doraemon que volta dois séculos no passado para ajudar uma estudante chamada Nobita Nobi. O interessante é que foram criadas 1344 histórias diferentes publicadas simultaneamente em 6 revistas diferentes, dependendo da série em que a criança se encontra, ela leria um tipo de Doraemon diferente das mais novas e mais velhas.


Meu vizinho Totoro: De longe a minha obra favorita! Eu e meus 24 anos somos apaixonadas por tudo que o Totoro nos mostrou! Totoro é um filme de animação japonesa feito em 1988, pelo aclamado estúdio Ghibli! Ele conta a história das irmãs Mei e Satsuki Kusakabe que se mudam para o interior do Japão com o objetivo de ficar perto de sua mãe hospitalizada. A irmã mais nova descobre enquanto brincava, uns bichinhos esquisitinhos que acabaram a levando para um mundo dentro de uma árvore gigante onde um bicho grandão estava dormindo, esse é o Totoro, uma divindade da floresta e ele ensina muitas coisas para as duas irmãs enquanto passam por esse momento difícil por conta da doença da mãe.


Vários títulos do mestre Osamu Tezuka também são direcionados para crianças e alguns títulos dele estão sendo publicados no Brasil pela editora newpop também! Como kimba e o novo princesa e cavaleiro! Outros títulos dele também estão saindo aqui, mas são mais para um público adolescente a adulto.


Para que o artigo não fique muito extenso, vou deixar aqui o resto da lista de mangás e animes para o publico infantil.


Flint The Time Detective, Hamtaro, Heidi, Kirby; (seu anime é de gênero Kodomo), Let's & Go, Mirmo Zibang!, Mon Colle Knights, Monster Rancher, Onegai My Melody, Tatsu no ko Tarou, Phoenix (Osamu-sama!), Dragon Ball, Barefoot gen, space brothers, Gin no saji, One piece.


Se tu está se perguntando porque One piece está ali, é muito simples. Foi feita uma enquete com os japoneses sobre mangás que eles leriam para crianças e One piece ficou em primeiro lugar por mostrar muitas histórias de aventuras e a compaixão pelos seus amigos!


Existem, é claro, muitas outras obras de mangá e animação para crianças, eu só mostrei uma pequena parcela delas. Mais pra frente talvez eu fale mais sobre isso, então fiquem de olho aqui no blog!



Gostou do artigo? Então deixe seu comentário! Não gostou? Deixe sua opinião também! Você leria esses mangás para seus filhos? Você bibliotecário, teria esses mangás na biblioteca da sua escola?