27 fevereiro 2015

Resenhando: Treze A Mesa - Agatha Christie

TÍTULO: TREZE A MESA
ISBN: 9788520912881
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
FORMATO: 13,5 X 20
PÁGINAS: 254
ANO DE EDIÇÃO: 2002
EDIÇÃO: 16ª
EDITORA: NOVA FRONTEIRA
AUTOR: AGATHA CHRISTIE
TRADUTOR: MILTON
CLASSIFICAÇÃO:








SINOPSE:
 Poirot estava presente quando Jane, envaidecida, falara de seu plano para "livrar-se" do marido, de quem estava separada, mas não oficialmente, como ela desejava. Agora o homem estava morto. Mesmo assim, o grande detetive belga não podia deixar de sentir que alguém estava tentando iludi-lo.
 Afinal, como se explica que Jane tivesse esfaqueado Lord Edgware na biblioteca exatamente na hora em que era vista jantando com amigos? E qual seria o motivo agora, já que o aristocrata finalmente lhe dera o divorcio?



RESENHA:
 Narrado também pelo personagem Hastings, assim como o livro O Natal de Poirot. No inicio o caso parece bem simples, convencer o Lord Edgware, a dar o divorcio a sua esposa Jane Wilkinson, a mesma que contratou Poirot.
 Poirot mesmo contrariado, aceita o pedido de Jane, e vai ao encontro do Lord Edgware, mas para sua surpresa, ao falar com ele, o Lord aceita o divorcio e Poirot retorna com a noticia para Jane.
 Tudo ocorre tranquilamente, até que o Lord Edgware é encontrado morto na sua biblioteca, e a principal suspeita é a sua esposa Jane Wilkinson. Mas como poderia ela te-lo matado, sendo que foi vista em um jantar, onde receberá até uma ligação intrigante, na hora da morte do Lord.
 Mesmo diante de especulações e pistas falsas, Poirot usa o seu cérebro para desvendar esse mistério, como explicar o fato de Jane ter sido vista em dois lugares ao mesmo tempo? Por que ela o mataria, sendo que ele havia concordado com o divorcio?
 No decorrer da história, um suspeito é presso, mas como ele preso poderia ser o autor da segunda morte. Quando o caso parecia sem solução, a resposta vem de onde menos se espera.
 Poirot novamente desvenda esse mistério. Apenas algumas palavras, e o mistério foi solucionado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário