04 maio 2015

[Resenhando] [A Cadeira De Prata] [C.S. Lewis]

TÍTULO: A CADEIRA DE PRATA
SERIE: AS CRÔNICAS DE NÁRNIA 
VOLUME: 06 
ISBN: 8533622104 
IDIOMA: PORTUGUÊS 
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA 
GÊNERO: FANTASIA 
FORMATO: 15 X 23 
PÁGINAS: 208 
ANO DE EDIÇÃO: 2005 
EDIÇÃO: 1ª 
EDITORA: MARTINS FONTES (LMFE)
AUTOR: C.S. LEWIS 
TRADUTOR: PAULO MENDES CAMPOS 
CLASSIFICAÇÃO:

SINOPSE:  "Como se chega até lá?", perguntou Jill, tentando encontrar um jeito qualquer de fugir daquela escola horrível. "Do único modo possível", sussurrou Eustáquio, "por magia". Então deram-se as mãos e, concentrando toda a sua força de vontade para que algo acontecesse, viram-se de repente à beira de um alto precipício, muito acima das nuvens, na terra encantada de Nárnia. Assustada e confusa, Jill fica horrorizada ao ver Eustáquio perder o equilíbrio e cair. Imediatamente, porém, ela sente ao seu lado uma presença calorosa. Era o Leão.

RESENHA:
Sexto livro em ordem cronológica dos fatos, e quarto livro em ordem de publicação, nesse livro não temos mais nenhum dos irmãos Pevensie, somos acompanhados por Eustáquio e sua amiga Jill, que na tentativa de fugir de uma perseguição na escola, acabam encontrando uma porta que os leva direto para Nárnia.
 Ao chegarem lá são instruídos por Aslam de que devem encontrar o principe Rilliam, filho do Rei Caspian X, que agora idoso encontra-se a beira da morte, Jill tem um papel fundamental nessa aventura pois Aslam lhe fala sobre quatro sinais que servirão para ajuda-los nessa missão, e ela tem que fazer o máximo para não esquecer de jeito nenhum. Nessa jornada somos apresentados a novos personagens, dentre eles se destaca o Brejeiro, uma criatura que se dispõe a ajuda-los na busca pelo príncipe desaparecido.
 A primeira vista a missão parece fácil, mas quando tem que passar pelas terras dos gigantes que se localiza pra lá de Nárnia a pressão aumenta, no caminho acabam encontrando uma mulher acompanhada de um cavaleiro que se mostra uma pessoa boa, que por fim acaba-se mostrando uma pessoa terrível, que os leva a uma terrível armadilha, se não bastasse toda essa emoção, eles ainda terão que explorar o incrível mundo subterrâneo de Nárnia, que assim como a superfície, guarda muitos segredos e se mostra um local maravilhoso repleto de magia.
 A Cadeira de Prata, assim como o livro A Última Batalha, é uma das minhas leituras favoritas das Crônicas de Nárnia, sem duvida alguma esse é o livro mais divertido de todas as Crônicas, infelizmente é o penúltimo livro.
 Notamos a incrível mudança sofrida por Eustáquio, que deixou de ser aquele garoto irritante para se tornar alguém leal e companheiro, não sei se mais alguém notou a incrível semelhança que há entre Jill e Polly a primeira menina a ir a Nárnia.

4 comentários:

  1. eu também adoro ler, gostei do seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela visita!
      Fico muito feliz que tenha gostado do meu blog!

      Excluir
  2. Eu amo as cronicas de Narnia. Mas nunca li os livros, essa resenha me incentivou a le-los!

    http://sougarotamesmo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ótimo resumo. Assim pude conhecer um pouco. Fiquei curiosa para ler.
    www.rubiasolbakken.com

    ResponderExcluir