29 junho 2015

[Resenhando]: [Príncipe Caspian] [C.S. Lewis]

TÍTULO: PRÍNCIPE CASPIAN
SERIE: AS CRÔNICAS DE NÁRNIA
VOLUME: 04
ISBN: 8533622104 
IDIOMA: PORTUGUÊS 
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA 
GÊNERO: FANTASIA 
FORMATO: 15 X 23 
PÁGINAS: 215
ANO DE EDIÇÃO: 2005 
EDIÇÃO: 1ª 
EDITORA: MARTINS FONTES (LMFE) 
AUTOR: C.S. LEWIS 
TRADUTOR: PAULO MENDES CAMPOS 
CLASSIFICAÇÃO:








SINOPSE:

Tempos difíceis abateram-se sobre a terra encantada de Nárnia. Os dias de paz e liberdade, em que os animais, anões, árvores e flores viviam em absoluta paz e harmonia, estavam terminados. A guerra civil dividia o reino, e a destruição final estava próxima. O príncipe Cáspian, herdeiro legítimo do trono, decide trazer de volta o glorioso passado de Nárnia. Soprando sua trompa mágica, ele convoca Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia para ajudá-lo em sua difícil tarefa.

RESENHA:

 Quarto livro em ordem cronológica dos fatos, e segundo em ordem de publicação O Príncipe Caspian, narra o retorno dos irmãos Pevensie a Nárnia, que logo ao chegarem lá tem uma surpresa nada agradável pois notam a diferença com que o tempo passa em Nárnia, sendo que para Pedro, Lúcia, Edmundo e Susana se passara apenas um ano que eles estão longe de Nárnia, lá se passaram mais de mil anos, e agora a terra repleta de magia está completamente diferente, assolada pela devastação causada pela guerra, agora é habitada por pessoas que vieram das terras de Telmar, e que são governadas pelo cruel Miraz que ascendeu ao trono covardemente por meio do assassinato do verdadeiro rei. Ele não possui nenhum filho, único motivo pelo qual ainda mantém a vida do seu sobrinho Caspian filho do rei assassinado, que além de ser bastante curioso é bem instruído pelo seu tutor que explica tudo sobre como era Nárnia antes da guerra, e de como o local era habitado por animais falantes, e outros seres fantásticos.

 O jovem Caspian cresceu ouvindo as maravilhosas histórias sobre a Nárnia antiga, das maravilhas que haviam naquela terra, após o nascimento do filho de Miraz ele não precisa mais da presença de Caspian, e planeja livrar-se dele, com a vida em perigo e Caspian é obrigado a fugir para manter-se vido.

 Com a fuga, os guardas dão inicio a uma verdadeira caçada com o objetivo de tirar a vida do jovem Caspian para que ele não venha a se tornar um futuro problema. Na sua jornada de fuga, Caspian acaba encontrado animais falantes dos quais ouvira falar, cujas existências era desacreditadas por muitos, os animais falantes notam que Caspian tem um coração nobre e decidem que ele será o seu novo rei, pois Caspian não vê o mundo pelo olhar de um telmarino, ele tem o modo de observar o mundo, como só um verdadeiro narniano pode ver pois acredita na magia de Nárnia, e possuir um coração bom que deseja apenas o bem para todas as criaturas magicas.

 Com todos os fatos que se seguem em Nárnia, os animais falantes decidem que esse é o momento certo para tocar a trompa da rainha Susana para que o auxilio venha, após o toque da trombeta os irmãos Pevensie são transportados novamente até Nárnia, para que possam auxiliar o restabelecimento de Nárnia.

 Assim como na aventura anterior dos irmãos Pevensie, eles são chamados até Nárnia, quando a mesma encontra-se em um momento de crise.

A narrativa à qual somos apresentados nessa obra, mostra a excelência que o Lewis tem como escritor, ele mantém a história no ritmo certo, fazendo com que a história vá fluindo levemente na nossa mente, nos transportando para o universo repleto de magia que é Nárnia. Nesse livro vemos a crueldade com o que os humanos agem movidos pela ambição e sede por poder, capazes de atrocidades e atos inescrupulosos para satisfazerem suas vontades.

 Dá pra notar a evolução dos irmãos Pevensie nesse livro, pois não são mais aquelas crianças assustadas que enfrentaram a Feiticeira Branca, eles agora são detentores de corações corajosos e sábios, cuja coragem será posta a prova em situações difíceis, onde decisões erradas poderão por tudo a perder e sacrifícios sejam feitos em vão.





Um comentário:

  1. Tem como não amar esses livros das Crônicas de Narnia? São apaoxonantes! Incrível como gostei muito do filme tb, mas o livro passa pra gnt emoções e informações que o filme nunca será capaz de transmitir <3

    http://primaveraconstante.blogspot.com

    ResponderExcluir