20 abril 2015

Resenhando: Maze Runner Correr ou Morrer - James Dashner

TÍTULO: CORRER OU MORRER
SERIE: MAZE RUNNER
VOLUME: 01
ISBN: 9788576832478
IDIOMA: PORTUGUÊS
ENCADERNAÇÃO: BROCHURA
GÊNERO: DISTOPIA
FORMATO: 13,5 X 21
PÁGINAS: 426
ANO DE EDIÇÃO: 2010
EDIÇÃO:
EDITORA: V&R
AUTOR: JAMES DASHNER
TRADUTOR: HENRIQUE MONTEIRO
CLASSIFICAÇÃO:

SINOPSE: Maze Runner - Correr ou Morrer - Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho.
 Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo.
 Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito.



RESENHA:

Primeiro livo da saga Maze Runner - Correr Ou Morrer.
 Imagine acordar dentro de um elevador em movimento, na total escuridão e sem memória, sabendo apenas o seu próprio nome.

 É assim que o somos apresentados ao protagonista dessa história, Thomas. Após o elevador chegar ao seu destino, Thomas está apreensivo dentro dele, sem conseguir sair, e sem saber o que o espera quando sair desse elevador, as portas são abertas, e o que Thomas vê, é um bando de garotos de idades semelhantes, na faixa dos 15 aos 18 anos, eles o observam por alguns segundos e logo o ajudam a sair do elevador. Depois de sair do elevador, Thomas é apresentado ao seu novo "lar", um local cercado por enormes paredes de pedra, que se fecham todas as noites, e se abrem pela manhã, que todos os garotos chamam de Clareira.


 Respostas são muito difíceis de se obterem, pois todos os garotos que "moram" na Clareira, se encontram na mesma situação de Thomas. Com a mente repleta de dúvidas, ele tenta achar uma saída daquele lugar, tarefa essa que não é muito fácil, pois a Clareira está localizada curiosamente no centro de um labirinto, e pra piorar a situação, todas as noites o labirinto movimenta-se e altera todos os percursos e criaturas inimagináveis habitam o labirinto, pondo fim a vida de todos que se aventuram dentro do labirinto durante a noite.
 Tudo iria seguir normalmente, Thomas seria só mais um garoto a integrar a Clareira, e se adaptaria ao modo de vida dos Clareanos, onde tudo é organizado e programado, uma vez por mês, um novo garoto chega a Clareira, mais dessa vez esse padrão foi descumprido, o elevador chega um dia após a chegada de Thomas, trazendo um novo integrante para a Clareira que trás consigo uma mensagem que despertar curiosidade e temor em todos, esse novo integrante será a peça para todos os ocorridos a partir daquele momento, não bastasse isso, Thomas sente uma ligação que não consegue explicar com esse integrante,  no meio de tudo isso, ele tem só uma certeza, "tudo irá mudar", agora resta a Thomas decidir Correr ou Morrer.

 Tudo isso faz esse Thriller psicológico ser tão envolvente, a ponto de te prender do começo ao fim, a cada página lida, a vontade de ler a próxima só aumenta, você fica ansioso para saber o que irá acontecer depois. Sem contar os momentos de suspense, que são capazes de fazer com que a gente enlouqueça, se não souber o desfecho do momento.

4 comentários:

  1. E aí!!
    Cara, eu estou com esse livro na minha estante há 1 ano e ainda não o li. Mas depois de ler essa resenha fantástica que você escreveu eu com certeza vou lê-lo ^^
    Abraços!
    Enjoy The Little Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tá esperando o que pra ler, rsrsrsrsr, muito bom esse livro, recomendo!

      Excluir
  2. Maze Runner é eletrizante mesmo, Bruno! Daquelas leituras que te magnetizam e fazem você sentir tudo na pele junto com o protagonista. Pra quem gosta de se aventurar numa trama alucinante, essa é uma ótima escolha! :) O jeito é correr e correr e correr até chegar na última página.

    Beijo, beijo - http://megsarmybookclub.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como é, eu sempre pauso a leitura em um capitulo onde a história se acalma, mas em Maze Runner eu não conseguia encontrar nenhum capitulo para pausar, a cada capitulo lido a vontade de ler o próximos só aumenta, e ele continua assim até chegar ao final.

      Obrigado pelo comentário!

      Excluir